2020 criado no Wix.com

Manutenção não é

despesa, é investimento!!!

               Os armários de cozinha, área de serviço, banheiros e dormitórios, depois de instalados, incorporam-se ao imóvel, ou seja, passam a fazer parte dele (não é normal levá-los consigo, quando você se muda). Eles são um investimento que se faz na compra do imóvel e, como tal, o seu estado de conservação, pode valorizá-lo ou desvalorizá-lo, na hora da venda. Um imóvel com seus armários bem conservados, normalmente, será mais valorizado do que um que não os tenha, uma vez que o comprador não terá que fazer um novo investimento para a aquisição de novos armários.

                A manutenção, preventiva ou corretiva, dos móveis planejados é uma maneira econômica de se manter os móveis sempre funcionando perfeitamente e evitar reparos mais onerosos, causados pela falta de conservação.  

                Temos que levar em conta que alguns desses móveis, por serem utilizados com uma frequência maior, sofrem um desgaste prematuro e, apesar de serem projetados para terem uma durabilidade maior, a quebra de alguns de seus componentes é inevitável, e essa quebra, pode gerar outros problemas, às vezes ocultos, que poderão danificar o móvel a ponto da sua inutilização.

                A boa conservação não é só uma boa limpeza, vai muito além disso, destacamos, aqui, alguns pontos críticos de uma boa manutenção e suas consequências para o mobiliário:

    a) CONJUNTO DOBRADIÇA-CALÇO:

- O item mais importante de uma boa manutenção é a checagem das regulagens das dobradiças e o correto ajuste com o calço, que, pelo próprio esforço diário desse conjunto, normalmente afrouxam os parafusos, causando o desalinhamento das portas, danos às laterais dos armários e a quebra prematura de um, ou dos dois, dos componentes do conjunto;

    b) CORREDIÇAS DE GAVETAS:

- Checagem da lubrificação e alinhamento das corrediças das gavetas, que, se não estiverem bem ajustadas, podem causar danos às laterais dos armários e/ou quebra prematura da corrediça;

    c) DISPOSITIVOS DE FIXAÇÃO:

- Checagem da correta fixação, assegurando a sustentabilidade do armário. A verificação dos pontos de fixação, se aplica às marcas que não dispõe desse dispositivo.

    d) SISTEMA DE CORREDIÇAS DE PORTAS DESLIZANTES PARA CLOSETS:

- Checagem dos sistemas deslizantes, do sistema de freio e os sistemas de travas de segurança das portas, bem como o alinhamento das portas nos trilhos, além de manter as portas deslizando com maciez, podem evitar seu desprendimento dos trilhos, evitando acidentes.

                Existem outros pontos que tem que ser observados, pequenos detalhes que podem ser indicativos de algum dano, e que são de fácil correção.

                Por isso, é aconselhável fazer uma vistoria semestralmente, ou quando houver alguma anormalidade. Isso vai manter os seus móveis sempre novos e perfeitos!

A IMPORTÂNCIA DA MANUTENÇÃO EM MÓVEIS PLANEJADOS